• Subprocuradoria-Geral de Planejamento Institucional

GEMPAR 2010-2018 (concluído) - Lançamento do Plano Estratégico 2010-2018


Focado na gestão com planejamento a longo prazo, o Ministério Público do Paraná lançou em 15 de dezembro de 2009 o Plano Estratégico da Instituição - GEMPAR 2018 - Gestão Estratégica do Ministério Público do Paraná. 

Em evento realizado no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, com transmissão ao vivo pela internet, foi apresentado o mapa estratégico, com os objetivos estratégicos que o MP-PR pretende alcançar nos próximos nove anos (até 2018), assim como as metas e projetos que deverão ser desenvolvidos com prioridade. 

O evento de lançamento contou com pronunciamentos do Procurador-Geral de Justiça, Olympio de Sá Sotto Maior Neto, do Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos de Planejamento Institucional, Bruno Sérgio Galatti, do Promotor de Justiça Eliezer Gomes da Silva, também da Subplan, do Corregedor-Geral do MP-PR, Moacir Gonçalves Nogueira Neto, da Procuradora de Justiça Samia Saad Gallotti Bonavides, coordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional, e da consultora Daniele Pininga Branco, da 3GEN Gestão Estratégica, empresa de consultoria que auxiliou na implantação do projeto. Eles falaram da gestão estratégica e dos projetos a serem implementados, da cronologia da GEMPAR 2018 e da importância daquele momento histórico. 

O Procurador-Geral ressaltou que a marca do GEMPAR 2018 foi a da participação e democratização na definição das diretrizes institucionais. Lembrou também que o planejamento é um processo dinâmico, assim, além de se ter compromisso na execução do planejamento estratégico definido, podem ser absorvidas novas demandas que se apresentem ao longo do caminho. Reafirmou ainda o dever da atual administração e das próximas para com a gestão estratégica. Antes de fazer o resgate histórico do processo de planejamento, o Subprocurador-Geral, Bruno Galatti, afirmou que inovação significa mudança e que esta deve ser encarada como oportunidade e não como ameaça. Alertou para o fato de que é mais fácil planejar do que executar e que a cultura do planejamento só será efetivada com o compromisso de todos. 

Duas palestras complementaram a programação do evento. Maria do Carmo Aparecida de Oliveira, superintendente técnica do Instituto Municipal de Administração Pública (IMAP), falou sobre a experiência de gestão estratégica da Prefeitura Municipal de Curitiba, e Eduardo Mario de Camargo Filho, superintendente da Coordenação de Planejamento de Gestão e Desempenho Empresarial da COPEL, apresentou a experiência da Companhia Paranaense de Energia. 

O evento terminou com confraternização e apresentação do Coral Paraná, sob o comando do maestro Paulo Kuhn.
 


 

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem