• Subprocuradoria-Geral de Planejamento Institucional

Conversão de Inquéritos Policiais Físicos

 * O Projeto - Benefícios - Como participar do Projeto - Ferramentas - Depoimentos - Matérias vinculadas - Contato * 

O Projeto

A conversão de Inquéritos Policiais Físicos é resultado de uma parceria interinstitucional entre o Ministério Público, a Polícia Civil e o Tribunal de Justiça, que visa converter todo o acervo de inquéritos policiais físicos do estado do Paraná. O projeto foi iniciado em 2019, apenas em Curitiba, e, no ano de 2020, o projeto passou a ser implantado também nas comarcas do interior. Até o momento, cerca de 47 comarcas e foros já implementaram os procedimentos de conversão, tendo sido realizados 11 ciclos no interior e três em Curitiba. O projeto tem grande potencial transformador, pois a atuação das Promotorias torna-se mais célere e eficaz, com logística mais favorável, sem a necessidade de movimentação de inquéritos físicos, favorecendo a inovação, a economicidade e a responsabilidade socioambiental.

Voltar ao início

 

Benefícios

 EFICIÊNCIA: Agilizar o trâmite de Inquéritos Policiais.

 ECONOMICIDADE: Reduzir os custos com movimentação de IPs.

 SUSTENTABILIDADE: Reduzir o uso do papel.

 SEGURANÇA: Aumentar a segurança dos documentos.

 GESTÃO: Melhores ferramentas para controle de prazos.

 EFETIVIDADE: Retorno mais rápido e eficaz à sociedade.

Voltar ao início

 

Como participar do Projeto

As Promotorias interessadas em participar do projeto devem fazer uma solicitação no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), seguindo o passo a passo:

1. Clicar em Iniciar Processo:

 

2. Em seguida, selecionar a opção SUBPLAN - Gestão estratégica e desenvolvimento institucional:

 

3. Posteriormente preencher o formulário para formalizar a demanda e salvar:

Voltar ao início

 

Ferramentas

Para realizar a conversão dos Inquéritos Policiais são utilizadas as seguintes ferramentas:

NAPS2: Programa simples para escanear e editar arquivos PDF.

Winff: Ferramenta que converte arquivos de vídeo para o formado VP8 em um contêiner WebM, formato que é aceito para upload no sistema Projudi.

Segmentador de Autos: Ferramenta para dividir arquivos PDF provenientes de digitalização de modo a facilitar a inclusão dos Autos no sistema Projudi.

Assinador: Ferramenta utilizada para fazer a assinatura digital em arquivos.

 

Voltar ao início

 

Depoimentos

“A tramitação dos inquéritos policiais de forma 100% eletrônica, além de otimizar o trabalho da Polícia Civil, viabilizar o pleno exercício da advocacia e facilitar a análise dos casos pelo Poder Judiciário, traz também inúmeros benefícios para o Ministério Público, revelando-se uma medida interessante do ponto de vista de política criminal e uma positiva evolução prática do atual sistema de persecução penal. Essa digitalização torna a atuação ministerial ainda mais célere e eficiente, possibilitando efetivo controle externo da atividade policial e propiciando um real e imediato acompanhamento das investigações em curso, inclusive com ferramentas tecnológicas capazes de permitir uma ação estratégica por parte dos órgãos de execução. O trâmite eletrônico ainda evita gastos públicos desnecessários, não só com papéis e impressões, mas também com os custos e dispêndios de recursos materiais e humanos relativos às inúmeras remessas e devoluções de autos físicos anteriormente existentes.”

Gladyson Sadao Ishioka, promotor de Justiça em Jaguariaíva.

 

 

“Fiquei muito realizada em participar do projeto. Graças ao esforço da equipe da 1ª Promotoria de Justiça de Loanda, todos os inquéritos policiais que ainda não estavam concluídos pela autoridade policial foram digitalizados e convertidos para a versão eletrônica. Os benefícios são muitos, pois, a qualquer momento, o interessado, o advogado e o promotor de Justiça podem consultar o inquérito caso necessário. A mudança também facilitou o trabalho remoto da equipe, pois não é preciso levar o procedimento físico para casa e todos podem acessar o inquérito ao mesmo tempo, em caso de dúvidas. Sem contar a diminuição do trabalho dos servidores que davam entrada e baixa no PRO-MP, o que demandava muito tempo. Além disso, a totalidade dos inquéritos no formato digital torna mais eficiente a extração de relatórios e o controle de prazos.”

Vera de Freitas Mendonça, promotora da 1ª Promotoria de Justiça de Loanda

Voltar ao início

 

Matérias Vinculadas

MPPR avança na conversão digital do acervo de inquéritos policiais físicos

Quem faz o MP entrevista Samia Saad Gallotti Bonavides

Digitalização de inquéritos

Voltar ao início

 

Contato

Para mais informações a respeito da adesão ao projeto, entre em contato com a SUBPLAN e o Departamento de Desenvolvimento Organizacional (DDO) pelo telefone (41) 3250-4245 ou pelo e-mail subplan.ddo@mppr.mp.br.

Em caso de dúvidas operacionais de Promotorias de Justiça que já aderiram ao projeto, o suporte e o acompanhamento da implantação é realizado pelo e-Ajuda.

 

Voltar ao início

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem